Durante a última sessão que ocorreu na câmara municipal de candeias

Foi discutido o Decreto do prefeito DR.Pitágoras que pode exonerar até mil pessoas

O Decreto 114/2021, de 27 de agosto , do prefeito de Candeias, na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, permite e extinção de cargos e vagância dos mesmos, e pode atingir mais de mil servidores que se aposentaram pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e continuam nos cargos na Prefeitura da cidade.


A vereadora amiga jú causou um grande reboliço ao colocar um requerimento suspendendo o decreto do prefeito, durante a sua fala ela suplicou que o prefeito fosse mais humano "é preciso governar com humanidade e ter amor pelo povo, porque isso agora? depois das Eleições?" ressaltou a vereadora que foi bastante aplaudida pelo servidores públicos.


O prefeito, auxiliado pelo secretário de Gestão, Igor Oliveira – o mesmo que participou da administração do gestor afastado de Madre de Deus –, Alegou  que a decisão obedece a Constituição Federal (§14, do art. 37 da Constituição Federal, inserido pela Emenda Constitucional n.º 103 (Reforma da Previdência), de 12 de novembro de 2019), além de outras considerações legais, todas antes de 2020 – ano de eleição, e o prefeito foi candidato a reeleição, mas se omitiu – o gestor que avisou desde 2016 que seria “Mãos Limpas”, baixou o seguinte decreto:


“Art. 1º. Fica aprovado o Regulamento para Declaração de Vacância de Cargo Público e Extinção do Vínculo Laboral Estatutário, decorrente da concessão de aposentadoria ao servidor público do Município de Candeias, que com este se publica.


Art. 2º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


Art. 3º. Revogam-se as disposições em contrário”.

A decisão deixou indignadas centenas de servidores que podem estar enquadrados na medida, foi discutida na Câmara Municipal

o decreto volta a ser discutido na próxima sessão nesta quinta-feira 02/09/2021