SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Bruna Marquezine, 25, disse que não aguenta mais responder "qualquer pergunta sobre namoro". A afirmação foi feita em entrevista à revista Elle, onde ela falou, também, sobre o que faria se virasse anônima de repente.

"Eu sairia das redes sociais", disse a atriz, que riu com a resposta. Ela ainda falou que, se tivesse de escolher uma rede social para excluir do mundo, seria o Twitter. "Desculpa, família, mas vocês são tóxicos, cara!", respondeu.
Ainda em tom de brincadeira, revelou que comete enganos com frequência, e que não quer apagar nenhum. "Eu pago mico diariamente, e eu não tenho vontade de esquecer. Na verdade, eu desenvolvo um afeto por cada um deles. Eles fazem parte da minha história, me trouxeram até aqui", disse.


Ainda, quando questionada se, depois de morrer e tivesse de voltar para a terra, viveria a sua vida novamente, a atriz usou do humor para responder outra vez. "Eu não voltaria para a Terra. Quem é que está querendo voltar pra Terra, gente? Eu não voltaria nem com cachê. Nem fechando publi com deus eu voltaria", afirmou.


INCÊNDIO NA CINEMATECA


Diversos artistas e celebridades lamentaram em suas redes sociais o incêndio que atingiu a Cinemateca Brasileira na noite da quinta-feira (29), e famosos também cobraram o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo incidente.


Entre eles, Bruna Marquezine, que criticou o descaso com o local, sediado em São Paulo.


"O que aconteceu com a Cinemateca não foi um acidente, foi um projeto contra a arte e contra o trabalho de quem teima em sonhar e lutar pela beleza do cinema com amor e afeto", continuou a atriz. "A Cinemateca está pegando fogo. Estamos queimando junto", escreveu Bruna Marquezine, 25, nos Stories.

Fonte:nsm