A ginasta Rebeca Andrade, de 22 anos, levou a medalha de prata na ginástica artística nos Jogos de Tóquio. A atleta de Guarulhos, na Grande São Paulo, alcançou um marco histórico ao se tornar a primeira mulher brasileira (e latino-americana) a chegar a um pódio nessa modalidade numa olimpíada.

Ao som do funk "Baile Favela", ela marcou 57,298 pontos na prova (veja abaixo trecho da apresentação), atrás apenas da americana Sunisa Lee, que marcou 57,433 pontos. O bronze ficou com a russa Angelina Melnikova, com 57,199 pontos.

A ginasta brasileira que hoje compete pelo Flamengo também conquistou vaga em mais duas provas além do individual geral, que lhe rendeu a vitória desta quinta-feira. Os olhos do Brasil vão se voltar novamente para ela na decisão do salto no próximo domingo (1º) e, na segunda-feira (2), do solo.

VEJA TAMBÉM